Páginas

22.5.15

desabafos, desabafos everywhere.

Eu sou uma pessoa de pormenores, provavelmente por causa da minha péssima auto-estima e insegurança, creio sempre que não sou merecedora de grandes gestos, sentimentos e palavras por parte de outras pessoas e acabo por dar uma imensa importância aos detalhes quotidianos que a maioria aceita como um dado adquirido... também sei que ele nunca será mais do que um amigo, até porque ele merece alguém bem melhor do que eu, mas a verdade é que sabe tão bem todas as noites ler da parte dele palavras tão simples como "boa noite", "dorme bem", "até amanhã". Expressões que são atiradas todos os dias para um buraco negro no espaço, fazem-me esboçar um sorriso e acreditar que vou ter, de facto, uma boa noite e que vou dormir bem e que amanhã isso se voltará a repetir. Enfim, o meu mal claramente é o sono que me faz divagar demasiado. Amanhã há mais.

Sem comentários: