Páginas

28.9.14

dos comboios.

eu adoro andar de comboio, principalmente quando chove, quando têm pouca gente. gosto dos regionais porque não sendo demasiado apertados nem com lugares marcados, tornam-se mais acolhedores. na sexta-feira vim de comboio (dois comboios, porque tenho que mudar numa estação a meio do caminho). no segundo comboio, apinhado de gente como eu nunca tinha visto, um rapaz deixou-me passar à frente dele e talvez pela escolha de lugar não ser muito alargada, sentou-se no lugar em frente ao meu. ele tinha os olhos mais bonitos que alguma vez vi e eu nem sequer sou pessoa de olhos verdes, mas eram bonitos principalmente quando ele bocejava e eles se embaciavam de sono por breves segundos. o mais estranho de tudo é que eu podia olhar para eles o tempo que me apetecesse que ele não desviava o olhar nem se sentia desconfortável. são poucas as pessoas que convidam desconhecidos a olhar-lhes nos olhos o quanto lhes apetecer...

(hoje não sou pessoa de maiúsculas, não levem a mal.)

27.9.14

reverse.


2.9.14

InstagraMês Agosto


Tori . Leituras . Passeios . NoitesMalDormidas . Rio . Filmes . FogoDeArtifício . Piscina