Páginas

25.12.13

Christmas

E assim se passou o Natal aqui em casa. Os doces do costume, as decorações do costume, menos família mas a mesma união. Para mim esta é a época mais bonita do ano. Não gosto de seguir as opiniões de que é uma época de consumismo, cinismo, etc. Sinceramente acho que se tem que haver consumismo e cinismo há todo o ano, só as pessoas sem fé alguma é que pensam nisso. Para mim é uma celebração religiosa e familiar. Uma celebração onde se dá, acima de tudo, carinho e admiração pelas pessoas que mais gostamos. Aqui, felizmente, houve um Natal recheado de amor, comida e presentes! A família recebeu essencialmente presentes "homemade": compotas e licores feitos pela mãe, cujos recipientes foram glamorosamente identificados com uns rótulos feitos pelos meus irmãos, cortados e colados por mim e, a acompanhar, umas peças extremamente bonitas em madeira que o meu pai torneou! Fiquei muito feliz quando abri os meus presentes porque recebi bem mais do que esperava e (se calhar) do que merecia, chorei de surpresa e agradecimento e distribuí abraços e beijinhos como se o mundo fosse acabar. A verdade é que (ainda) não acabou e, como já perdi duas das pessoas mais importantes para mim, tento cada vez mais aproveitar todo o tempo que tenho com as pessoas que amo! Só tenho a desejar um Feliz Natal (ou qualquer outra festividade que celebrem!) e um Próspero Ano Novo a toda (ou nenhuma) gente que aqui passa!! :)

7.12.13

Santa Claus is coming to the other town!





Já vos mostrei o Natal em Aveiro (cidade onde estudo) e agora vêem o Natal em OH (cidade onde cresci e vivo). A Sasha, o presépio que o meu pai fez, as iluminações de nossa casa, a nossa árvore de natal e o maravilhoso lanche que fiz para mim e para os meus irmãos (crepes natalícios com doce de abóbora caseiro). Não há momento mais feliz na minha vida que o natal. Temos vista para a Serra da Estrela e o frio já se faz sentir (-1º ontem à noite!), só falta mesmo é a neve. Nem o facto de ter 3 testes esta semana que se aproxima me tira do espírito, já faltam menos de 20 dias!!

5.12.13

Santa Claus is coming to town!

Isto é Aveiro no Natal e um pássaro que decidiu ser fotogénico. Adoro o Natal, a sério que sim! O fórum fica lindo com as decorações, dá ainda mais gosto passear por lá.

18.10.13

Divergent!!




OMG!!! I'm seriously in love with this trilogy! Nunca mais sai o Allegiant em livro, nunca mais sai o Divergent em filme... Estou super ansiosa! Muito muito mesmo! Aquele Theo James tira-me o fôlego, a sério que sim, ando a morrer de amores platónicos por ele tão graves que nem é bom falar! Vejam lá o behind the scenes do filme. Até agora sinto que está bem fiel ao livro, consigo visualizar todas aquelas pequeninas cenas nos pedaços correspondentes que li no livro! Ri-me imenso na parte em que eles saltam aquele murinho para dar a sensação que saltam do prédio, fiquei nervosa quando o pai da Tris pegou na arma dela e foi em frente (não vou dar spoilers prometo!) e fiquei com um sorriso tonto e taquicardia quando mostraram a cena do carrossel e a cena em que o Tobias perguntou à Tris o nome dela assim que ela decidiu saltar do prédio. Agora vou chorar ali a um canto por ainda não ter nada de novo da série para me alegrar e imaginar mais cenas do filme.

18.9.13

Desabafo:

Apetece-me chorar. Detesto que a minha personalidade tenha mudado tão rápido. Que tudo o que sempre fui tenha voltado ao de cima tão rápido! O primeiro ano da universidade foi tão bom, estava tão bem com a minha nova maneira de ser positiva e alegre, sociável e confiante. Apaixonei-me e foi tudo à vida. Odeio ser tão influenciável... agarrar-me demasiado às pessoas e desiludir-me. Odeio pensar demasiado nas coisas, misturar o sonho com a realidade de tal forma que só me sinto a cair na escuridão quando na verdade as coisas não são como eu as interpretei na minha cabeça. Odeio pensar que os amigos que fiz no primeiro ano podem achar-me cada vez mais irritante e começarem a fartar-se cada vez mais. Odeio não me sentir capaz de fazer novas amizades porque já não consigo sair deste lado deprimido outra vez! E depois todas as circunstâncias da minha vida actualmente só me deixam cada vez mais em baixo. Deixa-me desmotivada sentir que a única pessoa que ainda me compreende e ajuda está a passar por uma doença tão grave que a pode levar à morte, que a minha família não ande a passar pela melhor das fases... Estou mesmo cansada de mim, mas de tal forma que sinto que já nada vai conseguir mudar outra vez! Sinto que tive a minha oportunidade de mudar, mudei e, à primeira dificuldade, voltei para o lado negro e depressivo de mim.

6.9.13

A Emma

17 de Novembro de 2011
06 de Setembro de 2013
está enorme!!! Já tive que lhe tirar os arbustos decorativos do aquário senão ela saía para fora! Nota-se imenso como a carapaça se modificou! E antes ela conseguia apoiar-se bem nas patas e levantar a carapaça, agora está pesada e arrasta a parte de trás a maior parte do tempo... Nunca pensei gostar tanto de uma tartaruga... Só de pensar que há dois anos atrás, antes de a ter, até tinha medo e não tinha coragem de tocar numa porque me intimidavam com os olhos e parecia que me iam morder a qualquer momento! No domingo já voltamos as duas para Aveiro, ela é uma boa companheira de casa... Sabe bem ter um animal de estimação perto de nós, seja ele qual for!

28.8.13

Sleep less, read more.

R.epeat.


I'm covering my ears like a kid / When your words mean nothing
I go la la la
I'm turning up the volume when you speak / 'Cause if my heart can't stop it / I find a way to block it
I go La la, la la la

27.8.13

A Rapariga que Roubava Livros

"A única coisa pior do que um rapaz que nos odeia
Um rapaz que nos ama."

22.8.13

Outras cenas:

Antes de ir para França, no fim de semana que estive no Porto, aproveitámos para ir a Santa Maria da Feira à Feira Medieval. Nunca lá tinha ido, mas digo-vos: Adorei! Senti-me como se estivesse dentro da Guerra dos Tronos, o ambiente faz-nos sentir mesmo como se estivéssemos na época, as pessoas todas rigorosamente trajadas e caracterizadas, os cavalos, os camelos, o castelo, os jogos, foi tudo surpreendentemente excepcional! Mal dormi nessa noite porque já chegámos tarde a casa e tínhamos que estar no aeroporto às 5:45h da manhã e foi tudo super rápido, devo ter dormido cerca de duas horas. Depois vim de França e fomos todos para Coimbra mas tivemos que vir embora por causa do enorme incêndio que houve em Góis anteontem e como temos lá casa e terrenos ficámos alarmados. Ontem cá em O.H. como se calhar ouviram nas notícias também andou um incêndio onde andaram mais de 350 bombeiros e 4 meios aéreos, hoje ainda se ouvem helicópteros de vez em quando, mas já foi dado como dominado ainda que hoje de manhã se tenha reacendido, espero que não volte a ser tão alarmante como ontem. Entrei em pânico porque foi relativamente perto e estava a atingir proporções perigosas, duas casas arderam e os bombeiros perderam uma viatura... Enfim, hoje o meu tio da Suíça veio cá almoçar e amanhã vêm cá os meus tios da França e sábado vamos a Góis e domingo vamos ao Porto... Portanto se eu ficar mais 12 dias sem cá aparecer já sabem que isto anda tudo muito agitado mas eu não morri! Boas férias a quem ainda está de férias!

Das férias em França:


Por estes lados tem andado agitado, ainda nem sequer tenho os vídeos das férias, portanto tive que me desenrascar com algumas das fotos e fazer esta compilação das minhas preferidas. França foi uma surpresa, os franceses foram outra... Gostei bastante de conhecer França, mas detestei os franceses. São extremamente porcos, fazem as suas necessidades contra os monumentos e sabe-se lá mais onde, mandam lixo das janelas sem sequer ver se vão pessoas em baixo ou não, não sabem preservar o que têm, isto entre alguns episódios bastante insólitos e desagradáveis que passei. França é um país bonito (pelo menos as três cidades que visitei - Bordeaux, Toulouse e Carcassonne -, mas tenho a certeza que seria ainda mais apelativo se não estivesse cheia de lixo, grafitis, gente violenta e muito estranha... Achei engraçado o facto de nas três cidades se passear e de vez em quando encontrar um carrossel ou uma roda gigante assim, vinda do nada. Amei o Grande Teatro da Ópera (que tinha uma exposição bastante interessante e dinâmica da "Alice no País das Maravilhas") e o maior espelho de água em Bordéus, amei o passeio de barco em Toulouse e amei a cidade medieval em Carcassonne. Tivemos azar em apanhar um domingo (o dia em que lá chegámos) e um feriado (o dia antes de virmos embora). O estilo de vida em França é mais caro que em Portugal... uma garrafa de água pode custar na boa 4 euros. Andei pela primeira vez num TGV (fiquei desiludida, aquela cena nem aos 200km/h chegou...), dormi pela primeira vez num beliche (não dormi nada na primeira noite com medo que aquela cena caísse em cima da cabeça dos meus irmãos)... Apesar de tudo foi uma boa semana de férias e é sempre uma boa experiência conhecer novos países, principalmente para uma pessoa que adora viajar e uma estudante de línguas (ainda que não tenha praticado quase nada do meu francês porque eles percebiam que éramos estrangeiros e até se punham a falar connosco em espanhol...). Um dia ainda vou querer visitar Paris e, quem sabe, mais alguma cidade francesa.
Um conselho, se quiserem visitar, tentem ir antes de fazerem 26 anos, porque os bilhetes para a maior parte dos monumentos e atrações turísticas, são gratuitos para europeus com menos de 26 anos!

6.8.13

A Sasha também gosta de encomendas:

Chegou finalmente a encomenda dos livros que tinha feito! Devo dizer que amei a capa do livro "A Rapariga que Roubava Livros" e estou ansiosa por ler os dois!! Também gostei bastante do brinde dos sacos impermeáveis para levar com livros para a praia e depois, ao soprar, se transforma numa almofada de praia. Fiquei triste com duas coisas: eles diziam que me mandavam dois marcadores para livros e não mandaram nenhum... E fiquei triste pelo "Cidades de Papel" não ser do mesmo tamanho que os outros dois livros que tenho do John Green... assim vão ter que ficar em estantes separadas! Apesar de tudo estou ansiosa por devorar estes dois, mas ainda tenho que acabar o Insurgente e, provavelmente, vou levar um outro livro (de bolso), que anda aqui pela estante desde o ano passado, para França, visto que é de um autor francês.

5.8.13

MV

I was there and it was... amazing!

14.7.13

sasha.

(nas duas últimas eu tinha acabado de lhe dar banho e ela não achou muita piada)

9.7.13

Uma dose de scones e duas de alegria

Agora só resta esperar que arrefeçam para comer com um bocadinho de doce de morangos e mirtilos e, enquanto o tempo não passa, ouve-se the british are coming!

Marés Vivas'13

Já é o 4º Festival Marés Vivas consecutivo a que vou e fico sempre bastante ansiosa por ir! O bilhete como já vai sendo costume é prenda de anos dos meus irmãos para mim. Infelizmente dia 15 ainda tenho um exame, o último do 2º ano da licenciatura e espero que corra bem. Depois do Marés vivas, em Agosto, vou para França também com os manos e quero aproveitar ao máximo, pois é um país que ainda não visitei! Por enquanto, só me resta estudar Cultura Inglesa ao som do mix Marés Vivas que o T. criou no Spotify e contentar-me com isso até poder assistir ao vivo já sem o stress do exame!

7.7.13

O estudo

 Está impossível com este calor!!! Ainda por cima quando se estuda numa varanda com vista para a piscina e o irmão anda lá! Malditos exames...

5.7.13

Beloved

- Sethe - disse -, tu e eu, temos mais ontens que qualquer pessoa. Precisamos de alguns amanhãs.
Inclina-se para a frente e pega-lhe na mão. Com a outra, toca-lhe no rosto.
- Tu és a tua melhor coisa, Sethe. És tu. - Os dedos dele seguram os dedos dela.
- Eu? Eu?
Toni Morrison.

4.7.13

Diz que...

A pequenina Leonor, a minha vizinha de 2 aninhos, veio oferecer-me um trevo (já só com uma pétala) que arrancou de um vaso que a minha mãe tem no jardim. Não é tão do amor? É mesmo adorável a miúda!!

3.7.13

1º mergulho do ano.

Já houve primeiro dia de praia e hoje foi o primeiro mergulho na piscina cá de casa. 34º graus à sombra. Cansada de estudar. Sozinha em casa. O resultado foi este:

2.7.13

Diz que...

Life isn't about finding yourself. Life is about creating yourself.
George Bernard Shaw

30.6.13

Praia de Mira 29.06.13

Fomos à praia. Fizemos um piquenique. Demos passeios. Tirámos fotos. Lemos um livro enquanto os pés brincavam com a areia. Apanhamos sol. Vimos apanhar o peixe. Recordámos férias passadas. Fomos felizes durante 48h sem internet e sem telemóvel, como nos tempos antigos.