Páginas

28.5.11

Trabalho de Psicologia!

25.5.11

:)


Make me dream with this song and maybe I will dance with you in the moonlight! :)

23.5.11

Conversas Extremamente Eruditas

Pai: Então o que disse a psicóloga?
Eu: Oh... nada que eu já não soubesse...
Pai: Vais ser pastora?
Eu: Han?!
Pai: Pastora de canetas num prado de palavras!


(Sim, agradou-me e apeteceu-me continuar a divagar mas Freud berrou-me aos ouvidos que queria tomar café comigo... -.- )

19.5.11

Conversas Extremamente Eruditas

Prof de Port. - Rita, imagina-te sentada, num café de manhã a escrever... De repente aparece um rapaz à tua frente, que te diz que tens uns olhos muito bonitos... Achas possível acontecer na tua vida o que aconteceu com Blimunda e Baltazar?
Rita - Não muito...o.O (aparte no blog: aiiiiii mas era bem boooooom)
Prof de Port. - Não consigo enganar ninguém!...



Poiiiiiis... estas utopias... qualquer uma gostaria que se tornassem realidade! xD

Diz que...

Não me mandes o trabalho de Inglês que não é preciso... Mania de lixar os outros! -.-'''''

18.5.11

Conversas Extremamente Eruditas

Rita: Ana pergunta à prof se podemos ter mais de 10 páginas no trabalho é que tipo... Ainda só vamos a meio e já temos 9 páginas...
Ana: Professora, podemos ultrapassar um bocadinho das 10 páginas?
Prof: Só se for 10 para o desenvolvimento, sem contar com capas e índices e assim...
Nós: SIM! Isso já era bom!
Tipa: BAH BAH BAH, NÓS JÁ TEMOS O TRABALHO FEITO NÃO SE VAI MUDAR AGORA!
Ana: Sim, mas era só porque nós temos muito que pôr no trabalho e 10 páginas não chegam...
Tipa: BAH BAH BAH E ISSO DEPOIS OBRIGA A AVALIAR COM CRITÉRIOS DIFERENTES!

E isto... vai ser um mísero trabalhito sobre PSICANÁLISE DE FREUD tudo porque uma tipa se preocupa mais com números que com outra coisa... -.-'''''''''''''''

17.5.11

Diz que...

ISTO NÃO É NORMAL, MAS MESMO NADA! F***-** até parece que percebes quando estou em baixo!



Ontem andei o dia todo a ouvir esta música e com ela na cabeça, e hoje puseste-a no facebook... MAS PORQUE RAIO FAZES TU ESTAS COISAS MESMO SEM SABERES?!


16.5.11

Aiiiiiiiiiiiiiin



Tenho QUATRO trabalhos pra fazer, um teste pra estudar, exames pra preparar e está ÓPTIMO TEMPO para eu ir para a rua ler o livro que a Vanda me deu... Vá láááá dêem-me uma folguinha por favoooooor!

Damn you school!



(Ainda por cima ando indecisa... Coimbra, Porto ou Aveiro?)

15.5.11

Diz que...



"Diz-se que o amor é cego
Deforma tudo a seu jeito
Mas eu acho que o amor descobre
O lado melhor do que parece defeito!"



13.5.11

Conversas Extremamente Eruditas

Eu: Mãe, que é o jantar?
Mãe: Peixe cozido com batatas e cenoura...
Eu: Fogo Mãe! Nem um jantar de jeito tenho como último dos 17 anos! Olha que isto ainda é mais importante que uma despedida de solteira!
Mãe: Ai sim, então porquê?
Eu: Porque uma solteira pode voltar a sê-lo e eu não posso voltar a ter 17 anos!


Ahhhhh pois!

11.5.11

Diz que...

Giro giro é um professor confundir um rato de pc com um porta-chaves dos M&M's... Pela segunda vez!!

(E ainda há-de fazer uma terceira xD)

9.5.11

Diz que...


É bom receber destes miminhos de vez em quando, a queridíssima Lea da Holanda escreveu no fim do postal:

"PS: Never forget you're truly beautiful, no matter what people might say! ♥"

Thanks :)

Diz que...

"Não vivas para que a tua presença seja notada, mas para que a tua falta seja sentida!" ~ B o b M a r l e y

8.5.11

Diz que...

Já comecei a organizar as coisinhas para os exames! \o/ Literatura Portuguesa já está, e História também está quase, já só falta acabar as de História, e as de Português! Yeaaay (happiness -.-)

7.5.11

E eu a pensar que este ano não podia piorar...

Pois pode... pode e 2011 é definitivamente um ano NÃO para mim. Já não há baile de gala na noite dos meus anos, porque morreu um professor lá do colégio. O meu irmão mais velho deu a possibilidade de irmos na mesma pra Coimbra, mas o maninho do meio tem o autocarro é no Domingo, por isso forget, Rita não é nada de mais é SÓ o dia em que fazes 18 anos! -.-
Agora é que não quero mesmo ouvir falar em merdas de bailes de galas ou de finalistas ou o que quer que seja.
É pra deprimir, então que seja! Estou farta de tudo e de todos.

4.5.11

Desabafo :(

Mãe: Nós vamos agora jantar...
Avó: A gente :'( também.

...

Rita: Vou à casa de banho... já volto.
:'(

[Porquê que parece cada vez mais dificil?]

Obrigada Psic.



Não importa quantas vezes as cartas vão desmoronar, não importa se umas se perdem e outras simplesmente se danificam com as quedas, importa que as cartas são minhas e que eu tenho que ter confiança que não preciso deixar de respirar para que tudo corra bem, para que o castelo não caia, porque no fundo, se for a medo, elas irão cair de qualquer maneira.





[Hoje foi daqueles dias, em que me soube mesmo bem ter alguém a compreender-me e a fazer-me a mim própria compreender-me.]

Conversas Extremamente Eruditas

Mãe: Rita, com esta brincadeira toda dos cachorrinhos, já começaste a estudar para os exames?
Rita: Pois... : x

Today I Feel Like...

2.5.11

BUSTED!!!!!!!!!!! ahah :P



César diz:
que mania de pores o gato a estudar por ti

[Sim sim, e logo Português xD]

Diz que...

"Porque foi então que te roubaram o mundo? Quem to roubou? Mas disto entendo eu, e dir-te-ia o como, o porquê e o quando, se soubesses compreender. Já não vale a pena. O mundo continuará sem ti - e sem mim. Não teremos dito um ao outro o que mais importava.
Não teremos realmente?(...) Mas porquê, avó, porque te sentas tu na soleira da tua porta, aberta para a noite estrelada e imensa, para o céu de que nada sabes e por onde nunca viajarás, para o silêncio dos campos e das árvores assombradas, e dizes, com a tranquila serenidade dos teus noventa anos e o fogo da tua adolescência nunca perdida: "O mundo é tão bonito, e eu tenho tanta pena de morrer!"
É isto que eu não entendo - mas a culpa não é tua."

José Saramago, Deste mundo e do outro (Excerto de: Carta para Josefa, minha avó)



Será repetitivo de mais dizer-te que me fazes falta? :(

1.5.11

Today I Feel Like...



"I love this place
But it's haunted without you
My tired heart
Is beating so slow
(...)"